quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O Rapaz de Bronze

Bibliografia

Autor: Sophia Andresen

Editora: Figueirinhas

Ilustrações: Freda Santos

Design: Furtacores Design

Género: Aventura


Resumo



Era uma vez, um jardim onde à noite todas as plantas ganhavam vida, que se chamavam gladíolos. Os gladíolos, estavam muito na moda e eram as flores mais colhidas. Certo dia, nasceu um gladíolo que ficou muito contente, por saber que ia ser colhido. Mas, no dia seguinte, ouviu a dona da casa a dizer ao jardineiro, para não colher mais gladíolos, porque faziam falta ao jardim. Então, o gladíolo decidiu fazer uma festa para não ficar triste. Ele tinha de pedir primeiro, autorização ao Rapaz de Bronze, que era o dono do jardim durante a noite. O Rapaz de Bronze autorizou a festa e o Gladíolo convidou todas as flores do jardim. Mas dois dias antes da festa, eles pensaram, como as pessoas punham flores nas jarras, eles também tinham que pôr uma pessoa numa jarra. Então, decidiram que iriam pôr na jarra a Florinda, que era a filha do jardineiro e tinha sete anos. Na noite da festa, o Rapaz de Bronze, foi ao quarto da Florinda e perguntou-lhe se ela queria ir a uma festa. A Florinda, ficou muito surpreendida por estar a falar com uma estátua, mas aceitou sempre um pouco surpreendida. Quando chegaram os dois à festa, ela nem queria acreditar no que estava a ver, mas o Rapaz de Bronze disse para ela se ir sentar na jarra e depois começou a contar como é que eles ganhavam vida. No dia seguinte, quando a Florinda foi para a escola, contou tudo às suas amigas, mas elas não acreditaram e disseram que ela tinha sonhado. Realmente, ela também pensou nisso e começou a pensar que aquilo tinha sido um sonho. Passaram muitos anos. Quando a Florinda já tinha quinze anos, o pai dela, o jardineiro do jardim, pediu à Florinda para ir levar uns ovos à casa da cozinheira, e ela foi. Quando ela vinha para casa, já era de noite. O Rapaz de Bronze apareceu, perguntou-lhe se ela se se lembrava dele, da festa e das flores com vida. Ela muito entusiasmada disse que sim. Deram os dois as mãos e foram pelo jardim fora…
Apreciação Crítica


Foi um livro que eu gostei muito de ler. Aconselho a lerem este livro, Demorei só uma semana a ler este livro, pois é um livro muito fácil de ler. Gostei de lê-lo, porque também tem uma narrativa simples e fácil. Esta aventura / conto é muito bonita. Gostei porque gosto de contos sobre flores e personagens que são fantasias. É uma história muito interessante e não é uma seca ler, até foi muito divertido lê-lo nos meus tempos livres.


E espero que tenham gostado mais uma vez...

15 comentários:

  1. Adorei lê-lo é um livro espétacular gostei mesmo muito.

    ResponderEliminar
  2. li este livro na escola mas foi bom revê-lo obrigado por este resumo fantástico!!!

    ResponderEliminar
  3. gostei de ler este pois é interessante e divertido.
    este resumo foi fantastico e mais rapido de ler... para quem nao o gosta de fazer :)

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar